Solos e Oliveiras

actividades-agricolas-nos-olivais-e1553530198379-800x445

Solos e Oliveiras

Quando decidimos instalar um olival, amendoal ou mesmo outra cultura, devemos ter em conta um cumprimento de vários conjuntos de normas indispensáveis para o sucesso dessas culturas instaladas. Uma dessas normas, que na verdade devemos, sempre cumprir é o solo. As condições do solo, e podemos saber essas mesmas condições através das análises que hoje em dia são de fácil acesso.

Quando se fala em condições do solo, referimo-nos as características físicas, características químicas, fertilização e condições de instalação.

Caraterísticas físicas: 

é do conhecimento de todos, qua a oliveira é uma árvore que se adapta a uma basta variedade de solos, mas como tudo tem as suas preferências, e esta recai sobre solos franco-arenosos, ou seja, solos permeáveis e com boa profundidade.

Características químicas:

 estas caracteristicas exigem que recorramos as análises em labóratorio. Pois dão-nos indicação de nutrientes em falta ou em execesso que se vai refletir no dessenvolvimento saudável da planta. Estas características químicas, são também bastante importantes, para que se consiga realizar uma adubação de fundo correta ou seja que se aplique todos os nutrientes em falta e assim fazer uma gestão correta dos nutrientes em execesso.

Fertilização:

a fertilização deve ser realizada ao longo do crescimento da planta, pois é através desta que as plantas se alimenta, quando realizamos uma fertilização estamos a satisfazer as necessidades da planta.

Instalação:

não se deve fazer uma instalação sem verificar que todos os pontos anteriores estão, realizados. Ainda certificarmo-nos que esse solo tem boa drenagem, para que as plantas não morram por encharcamento. Depois de analisarmos todos estes pontos, podemos então seguir em frente e teremos tudo para termos sucesso na nossa cultura.